Apresentação

Escola de Incluso Logo                             LOGO 55         

 

A Escola de Inclusão é um Laboratório de ensino, pesquisa e extensão universitária para a (in)formação para o ensino, criação/produção de materiais didáticos acessíveis e divulgação científica e cultural nas áreas da educação especial e inclusiva. Criada academicamente em 10 de julho de 2009, conta 6 anos de atividades contínuas, oferendo em 2015 a XVI Escola de Inclusão. Nós recebemos apoio da PROEX-UFF, do PROEXT-MEC (2009 e 2010), CAPES (Editais Novos Talentos 05/2012 e PIBID 2014), CNPQ e FAPERJ (desde 2010). 

O Programa ESCOLA DE INCLUSÃO da UFF tem o objetivo geral de (in)formar licenciandos culturalmente diferenciados para o uso de linguagens, códigos e recursos aplicáveis a sujeitos que apresentem dificuldades de comunicação e sinalização; acesso inclusivo a conceitos científicos e conteúdos escolares; para a produção de materiais didáticos ou de divulgação acessíveis em sua área de conhecimento, aplicáveis a sujeitos que apresentem deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação no ensino formal (escolas públicas e privadas) e não-formal (museus, centros e casa de cultura), assim como professores da rede regular de ensino, organizações governamentais e não-governamentais, divulgando saberes e fazeres em eventos de extensão universitária, visando a redução das desigualdades sociais e o combate da extrema pobreza pelo empreendedorismo autogestionário.

A Escola de Inclusão oferece oportunidades para a realização de cursos, participação em eventos, pesquisa de insumos para a criação de materiais didáticos acessíveis em 2D e 3D, além da organização, montagem e realização de exposição dos materiais criados com vistas à divulgação científica. Nossa meta é chegar à sociedade com experiências acadêmicas inclusivas desenvolvidas por estudantes de licenciatura, futuros professores, comprometidos com a inclusão social, o empreendedorismo e a cidadania. 

Os objetivos específicos são:

1. Capacitar alunos de licenciatura por meio de cursos de extensão para a capacitação de profissionais de ensino formal (escolas públicas e privadas) e não-formal (museus, centros e casa de cultura), professores da rede regular de ensino, organizações governamentais e não-governamentais no uso de Braille, Libras, Robótica e Produção de Materiais Didáticos e Informativos para Inclusão;

2. Pesquisar insumos apropriados para a prodiução de materiais didáticos e de informação acessíveis em cada área de conhecimento das licenciaturas para uso no ensino formal e não-formal;

3. Estimular a produção de monografias, dissertações e teses sobre temas relacionado à inclusão de alunos com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação em situação de ensino-aprendizagem;

4. Organizar artigos para publicação em veículos científicos e culturais;

5. Realizar exposição de material didático ou de divulgação científica acessíveis em sua área de conhecimento;

6. Estimular a formação continuada em pós-graduação lato e stricto-sensu.

Os resultados observados em cada edição da Escola de Inclusão, incentivaram a proposição de um curso de mestrado profissionalizate à Capes no ano de 2012. Para nossa alegria, o Curso de Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão - CMPDI/UFF foi aprovado pelo Comitê de Ensino no dia 27 de fevereiro e divulgado no site da CAPES no dia 06 de março de 2013. O primeiro grupo selecionado foi denominado Turma 2013.

Acesse aqui para acompanhar as informações.

Esse projeto recebe apoio das seguintes instituições de fomento e acadêmicas:

Novos Talentos pibid 2 Jovens Talentos Faperj 

uff

 COMO CITAR ESTE SITE:

UFF. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. Escola de Inclusão. Niterói, RJ: UFF, 2016. Disponível no                               site <http://www.escoladeinclusao.uff.br>. Acesso  em ....

 
 

Layout Padrão | Desenvolvido pelo STI - Setor web | Mantido pelo usuário